Por que eu corro…

FONTE: http://www.papodeesteira.com.br/blogs/filosofando-no-triathlon/por-que-eu-corro/

Meu coach, quando eu comecei a correr, dizia que eu tinha que ter muito claro pra mim por que eu corro. Que isso traria longevidade à prática de corrida. Passados 12 anos desde as primeiras passadas, acho que posso dizer que tenho alguma longevidade na corrida. Antes de falar de mim, vou fazer um brainstorming dos porquês que eu vejo por aí.

Corro porque quero emagrecer.

foto 5

    Este talvez seja

um dos porquês mais usuais.

    Muitos corredores descobriram a corrida no momento em que decidiram

mudar seu peso.

    Muitos conseguiram mudar sua rotina e sua vida através da corrida.

Muitos emagreceram

    . Alguns se mantiveram magros. Outros

voltaram a engordar, mesmo correndo

    . Estes já descobriram que

não é a corrida que emagrece.

    Mas não vamos espalhar esta informação por aí para não desanimar quem está começando a correr só para emagrecer. Deixemos a corrida fazer com que a pessoa descubra outros porquês.

Corro porque é uma forma de manter a saúde.

foto 1 (2)

Algumas pessoas têm a corrida como atividade física para manter-se bem disposto, ativo.

    Normalmente, praticam corrida quase que diariamente, aquela “meiahorinha” diária. Não fazem provas de corrida, não postam treinos no Facebook. É como escovar os dentes. Aliás, nunca vi alguém postar no Facebook que está escovando os dentes! Kkkkkk

Corro porque é uma forma de destruir a saúde.

foto 2 (2)

    Não me matem. Mas

aqui vai um alerta

    pra algo que eu tenho grande preocupação: o volume de pessoas que está caminhando para as longas distâncias sem assumir pra si mesmo que isso é

uma agressão ao corpo

    . Quem vos fala é uma atleta de longas distâncias. Não estaria sendo então incoerente? Não! Percebam que eu falei de

ter consciência

    . Não entreguem à sorte a saúde! Cerquem-se de bons profissionais de educação física, nutricionistas, médicos, fisioterapeutas e afins. Às vezes, até psicólogos! Sim! Muitas vezes exageramos mesmo!

Fiquem atentos.

Corro porque é uma forma de “pertencer”, fazer parte.

foto 3 (2)

Já repararam quantas assessorias existem?

    Sem dúvida alguma, há muitas pessoas que começam na corrida para

fazer parte de um grupo.

    A pessoa começa ver as fotos, os sorrisos, os grupos correndo juntos e se interessa pela corrida. Este porquê pode fazer mal à saúde se a pessoa se mantém numa determinada assessoria

apenas pelas pessoas

    . Tem muita gente sendo mal orientada, mas que, por não terem coragem de romper os laços, acabam se mantendo na equipe. Nestes casos, troque apenas de treinador, continue treinando com seus amigos! =)) (

Leia mais sobre assessorias aqui!

    )

Corro porque sou competitivo e quero vencer o outro.

foto 2 (1)

Existe um grupão de corredores que se enquadra neste grupo.

    Para esta galera, correr por correr não tem qualquer apelo. Não se interessam em nada relacionado à corrida, se o fim não for

competir

    . Acho uma certa graça deste grupo. Chama minha atenção ver que se eles ganham uma prova com meia dúzia de gatos pingados,

cuja performance não representa grande coisa

    , eles celebram como se tivessem ganho uma olimpíada! Para eles, mais vale fazer 10k em 75′ é ganhar a prova que completar em 20º fazendo 33′.

Eu nunca vou entender.

    Mas eu não tenho nada a ver com o porquê alheio. Só observo! Kkkkk

Corro porque quero vencer desafios pessoais.

Vejo que muita gente caminha para provas de longa distância por isso.

    A sedução das ultras é enorme neste sentido. Há também aqueles que perseguem os sub X nas distâncias. 10k sub 40, 42k sub 3 é por aí vai. Penso que deve haver uma atenção grande aqui porque

há sempre chance de frustração.

    Nem todos farão uma maratona sub3, por mais que queiram e treinem com este objetivo.

É importante reconhecer limites.

    E eles existem, apesar de ter um monte de gente falando o contrário. Fico

triste quando vejo pessoas abandonando a corrida

    por não conseguirem mais melhorar seus tempos. Se todos pudéssemos melhorar pra sempre, chegaríamos todos juntos na linha de chegada! O melhor que podemos fazer é ser o melhor de nós. E isso varia na linha do tempo. #ficaadica

Corro para colecionar discurso.

foto 3 (1)

    Corri 30k hoje de manhã. Ooooooooohhhhhhh!!!!

Fiz uma prova de montanha, atravessei rios, escalei montanhas, ralei o braço numa queda. Oooooooooooohhhhhhh!!!!

Há inúmeros possíveis textos. Muita gente descobriu que isso atrai elogios e reconhecimento de várias pessoas. Virou ferramenta de atração e inclusão social. Tem muita gente ruim na vida e boa de Facebook, não tem?

Esta galera tem uma certa artimanha! Vejo gente usando recursos, no mínimo, engraçados. Eu corro e jogo peteca. A corrida XPTO tem uma categoria “jogadores de peteca” onde só 6 pessoas sabem da existência: o dono da prova, quem criou as categorias, quem fez o site de divagação, o presidente da Confederação Brasileira de Peteca, um jogador fanático de peteca e um corredor que joga peteca com o filho. Estes dois últimos se inscrevem. Chegam em 1º e 2º na categoria. Exibem orgulhosos o feito no Facebook. Só observo. =))(Assim surgiram os Tri Fantasy e os Ultra Trail Fantasy Members! Leia!)

Corro para pensar.

foto 4

    Para muitos, correr

é uma baita terapia.

    Correndo, tenho várias idéias, tomo decisões. Muitos conseguem este benefício extra. Eu gosto bastante de estruturar minhas idéias correndo.

Corro para esvaziar a mente.

    Parece meio doido, mas ao mesmo tempo que usamos a corrida pra pensar, também usamos

para não pensar em nada.

    Não é verdade?

Corro pelo momento pós-corrida.

foto 5 (1)

    Todo mundo já sabe que correr libera endorfina e

não há nada – pra mim – mais poderoso que o efeito pós-corrida longa

    . Aquela maravilhosa sensação de que nada me aborrece, sabe? Delícia.

Corro pelo ciclo “me inspira que te inspiro”.

Está aqui uma coisa incrível.

    Há um certo respeito e admiração entre os corredores. Quantas vezes você não acorda meio preguiçoso e, ao olhar no Facebook, aquele seu amigão já foi treinar? Isso nos arranca uma força incrível!

Ninguém é imbatível, incansável.

    Há momentos de preguiça pra todo mundo. Cercar-se de pessoas que nos inspiram é uma forma de seguir mesmo nos dias mais chatos.

Corro para agradar o namorado / namorada / marido / esposa.

Este grupo é interessante. Se a corrida atraiu e a pessoa quis também descobrir como é maravilhosa a sensação de correr, excelente.

Muitas vezes não é o que acontece. Há os que de imediato se lançam nesta busca e em cinco semanas desistem (veja texto “Do encantamento à aversão em 5 semanas”), tenta usar truques de boicote porque, no fundo, querem que a gente pare de correr.

Há também aqueles que tentam de tudo para nos parar antes de começar a correr. Até que desistem e tentam fazer parte da corrida. Mas trazem um peso enorme de estar fazendo isso pelo outro. (Leia sobre a crise conjugal e nos relacionamentos causada pela corrida aqui)

Uma coisa que eu clamo pela reflexão: tão chato como quererem nos afastar da corrida é querermos enfiar a corrida pela goela abaixo de quem estamos juntos. Respeitar o outro é uma arte. Dificilmente alguém se transforma em corredor. Acho que as pessoas se descobrem corredoras.

Agora, se isso servir de razão inicial até que outra apareça, excelente. Não vejo longevidade e não acho saudável ter este como único porquê.


Bem, é possível que existam inúmeros outros. Mas nestes listados já há uma mistura de motivos que nos fazem começar e motivos que nos mantém correndo. Falando de mim, há um tempo percebi que a melhor forma de manter a longevidade na corrida é ter uma coleção de motivos, muitas vezes contraditórios entre eles. Vou explicar.

Você acha possível alguém ter foco em performance correr “just for fun”? Eu não só acho possível como acho essencial para que está pessoa consiga progredir e se manter correndo. Muitas vezes há uma migração natural das pessoas que começam a correr brincando para a preocupação com desempenho.

foto 1 (1)

A consequência que mais vejo nesta mudança no médio prazo é uma perda de prazer com a corrida, uma redução drástica na vontade de correr. Até mesmo uma saudade de correr sem se preocupar tanto com tempo, pace. Isso vale pra mim também.

Todo mundo que corre e gosta de correr deveria ter um portfólio de porquês. Nos momentos em que a performance mais o incomoda que alegra, vá correr com seus amigos. Quando estiver motivado para uma prova, arraste seus amigos. E por aí vai.

Neste domingo, corri a maratona por um motivo especial: gratidão.Uma amiga que foi essencial na minha preparação para o Ironman de Floripa, que esteve lá pra assistir e dar uma força, queria bater sua meta na maratona. Decidi correr com ela em forma de agradecimento. Foi uma das corridas mais legais da minha vida. E uma emoção incrível poder vê-la lutando e fazendo tudo o que podia e mais um pouco. Fomos juntas do início ao fim.

10507046_10152158029951986_3951072180271557557_o

Ao longo do caminho, agradeci demais por estar ali. Agradeço sempre pela oportunidade de fazer o que amo. Só quem vive a corrida sabe o que é isso, o mundo de coisas que giram em torno da corrida.

Não limitem a corrida a uma coisa única. Busquem melhorar seus tempos, quando isso for possível. Corra com seus amigos quando isso formais importante e alegre que qualquer desempenho. Queira vencer o outro, quando estiver em busca de pódios. Dê foco à corrida quando quiser muito bater uma meta. Corra numa manhã de sábado só para arrumar a cabeça. Compartilhe suas conquistas no Facebook para mover pessoas! Inscreva-se na… Bem, inscrever-se na categoria “jogadores de peteca” é algo que eu preferia que você refletisse e não passasse esta vergonha! Kkkkk

E há quem pense que correr é colocar um par de tênis e sair correndo. Correr é uma dádiva, um privilégio.

E você? Corre por quê?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: