Cápsula de sal.

salFonte :www.runningnews.com.br

Ultimamente comenta-se muito sobre as cápsulas de sal, mas o que são na verdade? Muitos corredores fazem seu uso, muitas vezes sem acompanhamento nutricional.  As cápsulas podem ser mocinhas ou vilãs dependendo do uso e de quem consome.

As cápsulas de sal são na verdade suplementos hidroeletrolíticos em forma de cápsulas, e possuem na sua composição sódio, potássio, magnésio, cloro e fósforo (dependendo do fabricante). Diferem do sal de cozinha, pois este contém apenas cloreto de sódio e as cápsulas são mais concentradas em sódio do que as bebidas esportivas (repositores hidroeletrolíticos).

A grande questão é se podem ser utilizadas por todos que correm. A resposta é: não. Essas cápsulas são recomendadas para os atletas de endurance, nas provas ou treinos extenuantes, onde o corredor tem perda de eletrólitos e necessita repó-los rapidamente.

Repondo o sódio pode-se prevenir cãimbras durante o percurso e ainda evitar a hiponatremia. Este quadro se caracteriza pela diminuição de sódio no sangue nas concentrações abaixo de 135 mmol/L. A causa pode ser a sudorese elevada e também o consumo excessivo de água durante a corrida.

Para consumir este tipo de suplemento é necessário primeiramente fazer uma correta reposição hídrica. Pode-se avaliar o peso corporal antes e depois dos treinos e saber que para 500g de peso corporal reduzido deve-se consumir 500ml de líquidos. Em sequência é interessante observar se a roupa fica com manchas brancas ou se existe a presença de pequenos grânulos de sal no corpo, caso estejam aparentes, pode-se pensar na necessidade de consumir alimentos salgados ou cápsulas de sal durante as provas e treinos. A quantidade deverá ser orientada pelo (a) nutricionista. Recomenda-se de maneira geral, repor de 20 a 30mEq/l de sódio por hora com atividades de duração maior de 3 horas (normalmente maratonas).

Existem perigos no consumo excessivo de sódio, principalmente para os hipertensos, pois a recomendação doária de sódio deve ser ainda menor. Para os indivíduos que não possuem pressão arterial elevada é necessário também cuidado, pois o consumo de sódio não deve exceder a 2g por dia (Segundo a Organização Mundial de Saúde) que corresponde a cerca de 5g de sal de cozinha, lembrando que existe sódio intrínseco nos alimentos, mesmo os “in natura”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: